O que fazer quando surgem trincas e manchas de umidade?

    Antes de tomar qualquer providência para fazer sumir uma rachadura ou mancha de umidade é identificar a origem. Saber a causa vai afetar a solução. Principalmente quando se fala em trinca ou rachadura, pois elas podem envolver riscos se forem de origem estrutural.

    Quando se fala em trinca, rachadura ou fissura, o que as diferencia é a sua espessura. Fissuras vão de 0 a 0,5 mm; trincas de 0,5mm a 5 mm; e rachaduras, acima de 5 mm. Existe um instrumento chamado fissurômetro que faz essa medição.

    Tapar ou disfarçar fissuras, trincas e rachaduras com massa e tinta é uma medida inadequada, pois pode esconder um problema maior. Por isso é tão necessário descobrir a causa antes de iniciar o reparo. Diagnosticada a origem por um profissional, será possível adotar a solução adequada ao problema.

    Manchas de umidade também podem ter várias causas – internas ou externas. Projetos de instalações hidráulico-sanitárias, de captação de águas pluviais, de impermeabilização, de drenagem etc., além de eventuais exames em imóveis ou unidades vizinhas e sistemas públicos são coisas a serem verificadas para determinar como a mancha surgiu e de que forma poderá ser eliminada.

    Sendo assim, a estratégia ideal nas situações mencionadas é procurar um profissional qualificado para descobrir a razão do problema. Resolver a questão na origem é evitar dores de cabeça futuras.

    Av. Bento Gonçalves, 1414 - Partenon - Porto Alegre / RS - CEP 90650-000 - Fone: (51) 4061-0962
    Funcionamento: De segunda a sexta, das 8h30 às 19h e sábado, das 9h às 19h30
    Desenvolvido por Dableo Comunicação